12 de maio de 2015

Projeto Abril 2015

Durante o mês de abril, foi desenvolvido um projeto sobre a vida e a obra de Monteiro Lobato.
Considerando que o mesmo é patrono da Biblioteca desta escola, todas as turmas tiveram a oportunidade de aprofundar algum conhecimento sobre o importante escritor, sempre com a proposta de acrescentar novos saberes nas diversas áreas do conhecimento.

Obras e Vida de Monteiro Lobato
José Bento Renato Monteiro Lobato, nasceu no ano de 1882, e faleceu em 1948. Nascido em São Paulo, é um dos escritores mais populares do Brasil.
Tornou-se autor de uma extensa produção na área da literatura infantil, que inclui clássicos do gênero, como O Marquês de Rabicó (1922), Reinações de Narizinho (1931), Memórias de Emília (1936), Histórias de Tia Nastácia (1937) e O Sítio do Pica-pau Amarelo (1939). Sua obra voltada para os adultos inclui diversas histórias escritas num estilo leve e gracioso e são povoadas por tipos humanos interessantes.
Sua característica principal são o regionalismo e o conteúdo crítico. Aliando a crítica de costumes à criação de personagens como o caboclo Jeca-tatu, o escritor descreve a decadência econômica e social do vale do Paraíba paulista do início do século.
O Sítio do Pica-pau Amarelo foi transformado na década de 1970 em uma série infantil de TV, de muito sucesso até hoje.

As atividades desenvolvidas foram assim organizadas:
Educação Infantil- Dramatização de Fábulas com uso de máscaras e objetos presentes no enredo.
1º Ano- Apresentação do autor e exploração dos personagens do Sítio do Pica -Pau amarelo ( confecção de máscaras )
2º Ano- Apresentação do autor e exploração dos personagens do Sítio do Pica -Pau amarelo , com destaque para o Visconde de Sabugosa  ( confecção do boneco com uso do sabugo )
3º Ano- Apresentação do autor e enfoque às fábulas (dramatização da ASSEMBLÉIA DOS RATOS).
4º Ano- Apresentação do autor e pesquisa sobre a Biografia do escritor
5º Ano- Apresentação do autor , leitura da Biografia e análise do contexto histórico em vista de compreender algumas expressões características em suas obras.

Os Povos Indígenas 
Neste mesmo período, desenvolveu-se um trabalho voltado para Os Povos Indígenas no sentido de destacar a data de 19 de Abril como data histórica, porém, considerando a importância de conhecer e reconhecer o espaço que esses povos ocupam na história e nas práticas cotidianas do povo brasileiro.
O trabalho enfocou os povos Kaingang, Guaranis e Xetás que estão presentes no Estado do Paraná.
Vários vídeos, documentários, fotos e relatos enriqueceram este trabalho, mostrando as riquezas culturais e especialmente a relação de profundo respeito com a natureza e com o criador.

As atividades realizadas foram expostas além de uma exposição de materiais que lembram os indígenas trazidos pelos estudantes de 3º, 4º e 5º anos.























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado no nosso blog.
Abaixo da caixa de comentário, clique em "Comentar como:" e selecione o perfil: Nome/URL.

Em NOME, escreva o seu nome e série e turma, caso seja aluno da escola
em URL deixe o espaço em branco.

Obrigada.